Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

Iberostar Grand Hotel Paraíso

Quando se vai para o mesmo destino muitas vezes, chegamos a uma altura que não sabemos o que escrever acerca do mesmo. Assim sendo, este post não será para escrever sobre o México (Riviera Maya), mas sim acerca do hotel – Iberostar Grand Hotel Paraíso.

 

Num espaço de 3 anos, fui ao México 3 vezes: a primeira em 2011, a segunda em finais de 2013 e a mais recente há dias … Foram 3 viagens diferentes e sem comparação possível. Na primeira, fomos os dois e ficamos alojados num hotel pequeno (leia-se pequeno para as dimensões ditas normais dos resorts das Caraíbas); o destino era novidade para nós e fizemos os possíveis para juntar o lazer e a cultura nos 9 dias que por lá ficamos. A segunda, fui como “pendura” numa viagem de trabalho do marido, onde ficamos alojados num típico resort caribenho, muito procurado pelas massas e pelos turistas portugueses. A última, fui novamente como “pendura” (é o “luxo” de estar desempregada e poder acompanhar o marido nas suas viagens de trabalho) e ficamos num dos melhores resorts da Riviera Maya – Iberostar Grand Hotel Paraíso.

 

Embora esteja inserido num complexo hoteleiro composto por cinco hotéis – Paraíso Beach, Paraíso Del Mar, Paraíso Lindo, Grand Hotel Paraíso, Paraíso Maya, o que me poderia fazer confusão, tal não foi a má experiência na estada de Dezembro passado - foi uma semana de descanso e quase que me esquecia que estava num resort tão grande, tal não era a exclusividade que se sentia no espaço do Grand.

 

Este hotel é o top da cadeia: serviço de quartos 24 horas; internet gratuita em todo o resort (e em algumas zonas da praia); 2 restaurantes buffet – “Bella Vista” e “La Brisa” – onde são servidos os pequenos-almoços, almoços e jantares; quatro restaurantes temáticos – “Venecia”, “Haiku”, “L’Atelier”, “Surf & Turf Tony’s” – onde são servidos jantares à la carte, mediante marcação prévia; duas piscinas – a “Activities Pool”, com bar e onde impera a maior agitação do hotel e a “Tranquility Pool”, mais zen; um spa; sala de jogos com bilhar; bar “El Esplendido”, com sala para fumadores; Rhapsody Music Bar; “El Mirador” Lobby Bar, com música ao vivo e o Coliseo Teatro, onde são apresentadas as animações nocturnas, a partir das 22 horas.

 

Muitos podem estar a dizer que isto não é nada de extraordinário, que existem resort com muito mais coisas e com mais diversidade, mas aqui o lema é “less is more” … Não há necessidade de haver grande variedade para se ter qualidade. Aqui a qualidade, o requinte, a exclusividade e o sossego imperam e são palavras de ordem.

 

Notas importantes para quem pondere ficar alojado neste hotel:

  • o hotel só aceita adultos;
  • ideal para lua-de-mel;
  • dress code para os hotéis temáticos;
  • ideal para quem quer férias sossegadas no meio da confusão;
  • gay friendly;
  • os hóspedes repetentes têm uma série de surpresas durante a sua estada