Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

I'm too old for this shit

A bronquiolite voltou. A puta!

 

O puto está todo entupido, com uma tosse constante, com picos de febre e com um sono muito, mas muito irregular. 

 

A noite passada foi passada em claro. Estivemos 22 horas acordados. Para um casal com idades muito próximas aos 40 (temos ambos 38), uma noite em branco é deveras esgotante. Já não temos a mesma pedalada que tínhamos aos vinte e umas parcas horas de sono não são suficientes para a cabeça trabalhar devidamente.

 

Estamos com 3 horas de sono no lombo. Eu vim trabalhar; ele ficou a cuidar do miúdo. Estamos olheirentos, amarelos, fracos e esgotados. Queremos dormir, mas o miúdo necessita da nossa vigilância permanente. A febre pode voltar e poderá haver algumas crises respiratórias graças à puta da bronquiolite.

 

O Francisco está com 8 meses. Os dentes teimam em não sair, mas as gengivas estão super bem definidas. Eu digo que isto tudo é derivado ao possível aparecimento dos dentes nos próximos tempos. Os médicos, por sua vez, dizem que não há qualquer ligação de uma coisa com outro e tudo isto é derivado ao facto de estarmos no Inverno. Não sei! Não sou médica. Só sei que este Inverno vai ser muito longo e que eu estamos demasiadamente velhos para noites inteiras acordados.

 

Bem sei que há aquele ditado popular que diz que quem corre por gosto não cansa ... My ass, acrescento eu! Cansa e muito, mas olhar para aquele ser minúsculo dá-nos as forças que vamos perdendo noite após noite.

 

 

Página 4 de 365. Como está a ser o ano até ao momento?

Numa palavra?

Treta! E é para não usar outra mais forte que seria capaz de ferir a susceptibilidade do caríssimo leitor.

 

Quando pensávamos que o miúdo estáva a melhorar, depois de um dia com mais apetite e brincadeiras, tau ... aparecem picos de febre para fazerem companhia à tosse e à ranhoca.

Um martírio, pessoas! Uma canseira tremenda e um sentimento de impotência por não poder nada de mais intenso para o ajudar. De acordo com a pediatra, não há necessidade de correr para o hospital, aquele antro de mau caminho e um verdadeiro poço de doenças. Há que esperar, ir verificando a temperatura com mais frequência, ver como evolui a tosse e ter muita atenção à possibilidade de dificuldade respiratória que, se acontecer, é coisa de se ir para o hospital prontamente.

 

Nós a pensarmos que a coisa estava a ir para um bom caminho e que, se tudo corresse como previsto, ele voltaria à escolinha para a próxima semana e, te do em consideração que o meu atestado para assistência à família termina dentro de dois dias, ele tinha mesmo que ir para a escola. Agora, dadas as circunstâncias, já não sabemos como fazer ... Esperar, observar e só depois se vê se vai ou não. Se tiver que ficar por casa, será a vez do papá ficar com ele porque a mamã não se pode dar ao luxo de pedir mais um atestado.

 

Ah! A trabalheira que os filhos dão, mas não trocava por nada deste mundo.

Põe-te bom, filhote!