Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

Desafios profissionais

Desde o ano de 2012 que a minha carreira tem sido comparável a uma viagem na montanha-russa, dada a instabilidade que tenho sentido desde então. Neste período tão curto, sobrevivi a duas insolvências e a uma aventura de um novo projecto na área e que, infelizmente, não saiu do papel, isto tudo com intervalos de alguns meses dedicados à inércia.

 

Há cerca de um mês atrás - o tempo passa mesmo a correr - que faço parte de um verdadeiro desafio profissional, visto que a essência desta empresa, que já conta com 10 anos no mercado, ser verdadeiramente diferente dos meus 10 anos de carreira no turismo. O facto de ser um desafio e ser uma novidade, fizeram com que eu aceitasse a proposta que me foi feita quase sem pensar (isto e o facto de estar a entrar numa fase de quase desespero de estar em casa há alguns meses).

 

Passado quase 1 mês - estamos a dias de comemorar a efeméride -, gostaria de fazer um balanço deste desafio:vim substituir um colega e amigo, com o qual tinha trabalhado há algum tempo atrás. Ele rumou para outros mundos e deu-me a oportunidade de o substituir: um desafio ainda maior do que o da essência da empresa. Os primeiros dias foram muito complicados e pensei em desistir diversas vezes. Senti-me uma incapaz e tive alturas em que deixei de acreditar em mim e nas minhas capacidades. As primeiras duas semanas passavam e a descrença em mim não. Chegava de rastos a casa e só me apetecia desistir e volta a ser dona-de-casa desesperada. Depois, tudo mudou, os frutos começaram a ser colhidos e hoje, a dois dias de comemorar o primeiro mês, sinto-me mais realizada. Claro que o desafio se mantém e continuo a não estar 100% segura com a novidade que tenho entre mãos mas, ao contrário do que senti nas primeiras semanas, hoje sei que sou capaz e que vou conseguir superar mais esta meta e que esta experiência me irá dar ainda mais conhecimento na minha área profissional.

 

Eu vou conseguir!

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.