Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

8 meses de Francisco

Sorris sempre que nos vês espreitar na porta da tua sala na escolinha. Deliras quando um de nós chega a casa. Dás palminhas a qualquer hora do dia (ou da noite). Danças quando ouves música. Fazes sons que são verdadeiras pérolas para os nossos ouvidos (com excepção de quando abres as goelas durante a madrugada). Já tentas engatinhar e tentas alcançar tudo o que está à tua volta sem receios de te aleijares. Fazes festinhas na nossa cara e, sem saberes, pões a nossa cara como se tivessemos dormido com gatos, isto tudo porque a mãe empurra com a barriga a altura de te cortar as unhas. Adoras a hora do banho e fazes sempre fita quando te tiramos da água. Comes papa, sopinha de peixe, sopinha de carne, fruta e iogurtes (com excepção de quando estás mais doentinho, não negas a comida ... és um bom garfo). Já te levantas no fraldário e do berço ... É preciso ter um olho em cada fio de cabelo e nunca, mas nunca mesmo, virar as costas. Adoras ver o teu reflexo no espelho. Adoras livros (rico filho, eu sabia que ias gostar de livros) e de bola (vá, para o papá ficar contente). És um querido para os amiguinhos da escola e um meiguinho para com as educadoras e auxiliares. Todos dizem que és um amor, sorridente e feliz.

 

Sim, és um bebé feliz e hoje completam-se 8 meses que chegaste às nossas vidas para nos tornares ainda mais felizes.

 

De teorias está o inferno cheio

O Francisco nunca foi bebé de dormir uma noite inteira.

 

Minto ...

O Francisco dormiu as duas primeiras noites em casa inteirinhas. Eu, mãe orgulhosa do meu petiz, dizia à boca cheia o quão maravilhosa tinha sido a noite e os treinadores de bancada lá diziam que não, não podia ser, que o bebé necessitava ser alimentado de duas em duas horas, porque tinha de o acordar e patati, patatá!

Eu, mãe de primeira viagem, inexperiente neste assunto de bebés, fui na conversa e passei a acordar o herdeiro para comer ... Estúpida, estúpida, mil vezes estúpida! Nunca mais tive uma noite sossegada e agora não vale a pena chorar sobre o leite derramado. Apesar de acordar uma ou duas vezes para comer, o Francisco ficava ko após o biberão. Arrotava e, mal o colocava no berço, voltava a dormir. Contudo, de uns tempos a esta tarde, que é como quem diz, desde que teve a maldita bronquiolite, tem sido muitooooo complicado. A bronquiolite já passou, mas a tosse continua e, sempre que tosse é um filme para recomeçar a dormir. Para além disto, não consigo fazer com que vá para a cama cedo e é sempre outro filme para que se deite e adormeça. Deu-me para comentar o assunto de como é complicado fazer com que ele adormeça à noite e lá chegaram mais um rol imenso de teorias ... Não o deixe dormir muito durante o dia; siga uma rotina diária para que ele assuma que está na hora de ir para a cama, patita, patatá, blá blá blá ... Já tentei de tudo e mais um par de botas e é sempre o mesmo filme ... Durma a sesta ou não durma, o puto quer é rambóia quando o sol se põe. Comentei com a minha mãe sobre o assunto e ela, sábia como são as mães, foi-se e apenas disse: "A quem será que ele sai?" Eu amarrei a burra e calei-me. Se o puto é um mini-me em praticamente tudo, era normal que os hábitos de sono fossem tal como a senhora sua mãe.

 

Espero que seja apenas mais uma fase e que tudo volte a ser como dantes. Nem peço que durma a noite inteira. Só peço que volte a estar como estava há um mês: ia para a cama sem filmes, adormecia, acordava para comer e voltava a dormir.

 

É esperar para ver.

Página 2 de 365. A bronquiolite

Começou com uma febre na noite de Natal; passou a tosse a meio da semana passada, acompanhada com um assobio. Em casa desde a passada quinta-feira, ligamos à Saúde 24 que, prontamente, nos recomendou que fossemos ao centro de saúde da nossa área de residência. Fomos. Diagnóstico: bronquiolite e petit Francisco em casa de quarentena. Mamãe ia começar o trabalho ano, mas viu-se "forçada" em pedir um atestado para cuidar do petiz. Papá num turno marado que não permite haver passagem de turno. Herdeiro com melhoras, felizmente, mas de repouso até ao final da semana. O tempo não está para brincadeiras e ele só sairá de casa quando estiver recuperado.