Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

Fam Trip Iberocruzeiros

Antes de mais nada, tenho de me desculpar por só estar a publicar este post hoje. Embora esteja em rascunho desde finais de Novembro, o final de 2010 foi bastante trabalhoso e, por isso, tive de me descuidar, ainda mais, deste meu cantinho.


 


As minhas desculpas e, então, aqui vai!


 


Como sabem, tive a oportunidade de fazer um mini-cruzeiro, a convite da companhia de cruzeiros Iberocruceros. Essas viagens são miminhos para os profissionais da área de turismo que, ao contrário do que possam pensar, não se fartam de viajar, nem têm grandes descontos sobre viagens (mas isso fica para outro dia).


Este mini-cruzeiro decorreu de 21 a 23 de Novembro. Saí de Lisboa apenas sabendo que tinha de apanhar um avião para Barcelona, que lá iria fazer check-in num navio e que voltaria a Barcelona a 23, que pelo meio teríamos uma escala em porto surpresa e mais nada.


Achei que seria interessante fazer deste post um pequeno "guia" a quem vai pela primeira vez a Barcelona ou a quem irá fazer um cruzeiro pela primeira vez e, por isso, abaixo terão alguns pontos que, na minha opinião, ajudar-vos-ão, de alguma forma. Assim:


 


Cheguei a Barcelona e tenho um cruzeiro para apanhar. Como devo fazer para me deslocar até ao Cais?


A mais rápida, mais cómoda, mas também a mais cara é de táxi (cerca de 30,00€ a 40,00€). Recomendo aos passageiros que não se querem chatear ou que estão carregados de malas ou até mesmo àqueles que viajam com crianças. Saímos do aeroporto, apanhamos um táxi e fazemos o check-in calmente.


A mais económica e igualmente cómoda é a de transportes públicos, nomeadamente o Aerobus. O Aerobus é um serviço do Aeroporto de Barcelona que vos deixa na Plaza de Cataluña e custa apenas 5,05€. Este meio de transporte é ideal tanto para quem vai fazer turismo em Barcelona, como para aquele que vai num cruzeiro. Para os últimos, depois de chegar à Plaza de Cataluña é só andar mais um bocadinho. Dá sempre para ter uma primeira impressão acerca de cidade. Da Plaza de Cataluña deverão descer as Ramblas em direcção à Plaza Colon e lá apanhar um Portobus e, com um custo de 2,00€ por pessoa, chegam ao vosso cais de embarque.  Assim sendo, por 7,05€ chegam ao cais calmamente e ainda conseguem ver um pouco da vida da cidade.


Atenção!!!!! Apesar de económico, é necessário ter em conta a hora de abertura do check-in e a hora correcta do embarque. O ideal é sair de Lisboa no primeiro voo do dia e fazer tudo calmamente.


 


Quais os documentos necessários para fazer um cruzeiro?


Mesmo que não façam escalas fora da Europa, devem levar sempre o passaporte. É um ponto muito importante, uma vez que poderá ver a sua entrada a bordo ser negada. Embora alguns operadores turísticos digam que não é obrigatório o passaporte, julgo que será preferível ter esse documento de identificação sempre que vai viajar para fora do país.


 


O que está incluído no preço que paguei?


Isso vai variar de companhia para companhia. Na maior parte delas, o valor que pagou inclui o camarote (claro!!!), as taxas de porto, gratificações e regime de pensão completa (todas as refeições; bebidas não incluídas). Companhias de cruzeiros como a Pullmantur fazem o regime Tudo Incluído; as restantes têm pacotes de bedidas, para quem quer estar mais à vontade neste campo e não estar constantemente a pensar no custo.


 


Como pago os extras consumidos a bordo?


Aquando do check-in, pedem um cartão de crédito para que seja aberta uma conta em seu nome. Caso não tenha cartão, pode sempre fazer um depósito em dinheiro. O valor varia consoante a companhia de cruzeiros. Caso não tenha gastos, não será retirado qualquer valor do seu cartão e será devolvido o seu dinheiro na totalidade.


 


 


Acho que estas são as grandes questões que os futuros passageiros num cruzeiro farão. Mas existem muitas mais!


 


 


Com relação ao meu mini-cruzeiro devo dizer-vos que adorei! Adorei o camarote (exterior), adorei as instalações, adorei o porto supresa (Marselha), adorei a animação. Simplesmente adorei.


Essa viagem fez com que a minha vontade de fazer um cruzeiro aumentasse ainda mais. Já pensava nesse tipo de férias com alguma frequência mas, agora com esta pequena experiência, a vontade aumentou.



A oferta de cruzeiros para 2011 está muito boa: itinerários interessantes e que abragem todos os gostos e os preços bastante acessíveis.


E por falar em preços, aproveito a oportunidade para passar um pouco de publicidade :)


 


A empresa onde trabalho (D VIAGEM), está com uma campanha especial de cruzeiros, válida para reservas efectuadas até 28 de Fevereiro, contemplando toda a programação de 2011. Os preços estão bastante atractivos e a procura tem sido imensa.


 


Se, ao ler este post, a sua vontade de fazer um cruzeiro aumentou, peça o seu orçamento para o email lisboa.966@viajesiberia.com. É o meu email profissional directo e terei todo o gosto em apresentar excelentes ofertas aos melhores preços!


 


Fui profissional agora, não fui ;)


 


O próximo post já está preparado: Londres & Paris


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.