Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

Sessão dupla de cinema

Já faz algum tempo que não vou ao cinema. Desde que comecei a notar que ia ver um filme e, por mais que gostasse do mesmo, adormecia sempre, deixei esse gosto de ir ao cinema.


Agora, sempre que quero ver um filme, ou espero que passe na televisão ou que esteja em DVD para poder vê-lo à minha maneira em casa.


Este fim-de-semana que está a acabar foi dedicado ao cinema. Um filme no sábado e um filme no domingo.


Ontem foi a vez de O estranho caso de Benjamin Button; hoje foi o dia para Quem quer ser bilionário?


Gostei de ambos, apesar de ter gostado mais de Quem quer ser bilionário?.

Achei que a adaptação ao cinema da obra de F. Scott Fitzgerald ficou um bocadinho aquém da "realidade" que existe no livro. Bem sei que os filmes são apenas adaptações de obras, mas acho que, quem vê o filme sem ler o livro, fica com uma ideia errada daquilo que Fitzgerald escreveu.


 



No que se refere a Quem quer ser bilionário? (prefiro o título em inglês: Slumdog Millionaire), como não li o livro antes ( Q and A, de Vikas Swarup), gostei muito da história de Jamal Malik e de saber o que o fez ganhar o tão famoso concurso de televisão: "Fez batota", "Tem sorte", "É um génio", "É o destino". O filme dá-nos a resposta no final, é o destino. Para mim foi a sua vida cheia de aventuras, de sortes e de azares; uma vida repleta de emoções.


Agora vou fazer o que habitualmente não faço: ler o livro depois do filme


 



 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.