Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

Sons alheios

Sabem aquelas pessoas que são tão queridas, mas tão queridas, que partilham tudo o que têm, inclusive as músicas que constam dos seus telemóveis, i-pdas, i-phones e afins, em sítios públicos?

 

Pois. É mesmo para estas pessoas que escrevo hoje.

 

Pessoas, por favor!

Ninguém está interessado em ouvir os batuques psicadélicos que vocês dizem ser música. É bastante inconveniente para a pessoa que está ao vosso lado e que teima em querer concentrar-se no calhamaço que tem para ler e que está parada na mesma linha há mais de meia-hora numa tentativa vã de conseguir construir mentalmente a frase que tem à sua frente, quase como se tivesse regressado aos bancos da escola e às primeiras aulas da sua vida. Mesmo que estivessem a ouvir a melhor música do mundo, os outros seres que partilham naquele momento o mesmo espaço que vós só querem uma coisa: silêncio. Há dias e momentos na vida que o silêncio é, de facto, o melhor som que pode existir à face da terra.

 

Diz que há um objecto no mercado que se chama auscultadores ou, para os mais poliglotas – phones, e que até alguns são bastante económicos. Que tal investirem na compra de uns, hum?!?

 

Abrejos,

 

Eu.

Uma missão quase impossível

No passado domingo tive como missão ir em busca de uma oferta para a sobrinha que irá fazer 9 anos esta semana. O objectivo era comprar roupa e deixar aquelas prendinhas tipicamente infantis para o mais novo, uma vez que a Inês já é uma menina crescida.

 

Que comece o desafio!

 

Meus caros, como é difícil comprar roupa para crianças quando não se é mãe! Para além daquelas roupinhas dos recém-nascidos, eu nunca tinha tido a audácia de me aventurar numa demanda como esta. Entrava e saia das lojas cada vez menos esperançada. Mexia e remexia em peças de roupa, sempre com o grilo falante na mente a dizer: "Cuidado! Olha que este tamanho é demasiado grande! Não escolhas este que é demasiado pequeno!"

Saí que casa com um objectivo delineado - comprar roupa engraçada, moderna e nada, mas nada infantil. Mesmo não sendo mãe, fui como são os miúdos desta idade e sei como é a minha sobrinha - senhora de si, no alto dos seus quase 9 anos; fã da banda britânica One Direction e da Violetta. E eu não queria comprar nada que fosse demasiado infantil.

Estive quase a desistir e comprar o melhor dos presentes - um livro. No entanto, aguentei a pressão e consegui cumprir com a missão quase impossível! Agora resta esperar pelo dia e olhar muito atentamente à cara dela quando rasgar o papel pois, felizmente (ou infelizmente), as crianças são demasiadamente sinceras e aquelas caras dizem tudo sem rodeios.

 

(É já amanhã!)

De Convento a Coventinho - Biografia de um espaço

"O Museu Municipal de Loures lança o desafio para conhecer o seu espaço que há quase cinco séculos faz parte da paisagem de Loures.

A exposição De Convento a Conventinho apresenta a biografia deste espaço, guia-nos ao longo do tempo mostrando os monumentos que caracterizam a ocupação do local, desde a sua função religiosa, a passagem à vida civil, como moradia familiar e, por fim, a função actual, com o legado maior de receber e ensinar na sua missão de museu municipal.

Entre documentos das várias épocas, resultado de trabalhos arqueológicos levados a cabo entre os seus muros, histórias e lendas que rodeiam a sua existência, o Conventinho convida os seus visitantes a fazerem parte da história. 

Contavamos convosco."

 

Este é o texto que se lê no flyer publicitário da Câmara Municiapal de Loures - um convite para os moradores do concelho e demais visitantes conhecerem aquele espaço denominado como Quinta do Conventinho, que se iniciou em Julho passado e que termina no próximo mês de Novembro, mais precisamente no dia 15.

Para mais informações e/ou inscrições, envie e-mail para se_conventinho@cm-loures.pt

 

conventinho.jpg

Encontramo-nos por lá?