Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

Noite de Fados

Estou a viver em Lisboa desde Outubro de 2006 e nunca tinha ido a uma casa de fados.


Na passada 6.ª feira surgiu a oportunidade e, claro, não faltei.


Para a despedida de mais uma colega de trabalho e de uma grande amiga que encontrei, lá foram 7 gatas pingadas rumo à Agega machado, uma casa típica portuguesam existente desde 1937, sita à Rua do Norte, em Lisboa.


Estava curiosa para saber como seria o espaço, a comida, o ambiente e, depois de poucos minutos, cheguei à simples conclusão que não conhecemos o que é nosso e que, acima de tudo, não se dá a verdadeira atenção e mérito ao que é português.


A Adega Machado tem um ambiente magnífico e recebe como ninguém. Desde ao porteiro (o sr.º Carlos), à senhora do bengaleira, às empregadas de mesa e aos convidados musicais, tudo é no maior requinte, sem deixar Portugal de lado.


A nível na animação há de tudo ou pouco: fado de Lisboa, fado de Coimbra, folclore ....


O mau é não se poder fumar mas, com uma noite agradável, até faz bem ir até à rua e por dois dedos de conversa com o sr. Carlos.


Para quem quiser conhecer melhor a Adega Machado dê uma vista de olhos na página web  - www.adegamachado.web.pt - e não deixe de passar um serão tipicamente português.


 

Lagoa das Sete Cidades


 


Lenda das Lagoas das Sete Cidades



Em época recuada, existia, no lugar onde hoje fica a freguesia das Sete Cidades, um reino próspero e aí vivia uma princesa muito jovem, bela e bondosa, que crescia cada dia em tamanho, gentileza e formosura. A princesa adorava a vida campestre e frequentemente passeava pelos campos, deliciando-se com o murmurar das ribeiras ou com a beleza verdejante dos montes e vales.



Um dia, a princesa de lindos olhos azuis, durante o seu passeio, foi dar a um prado viçoso onde pastava um rebanho. À sombra da ramagem de uma árvore deparou com o pastor de olhos verdes. Falaram dos animais e de outras coisas simples, mas belas e ficaram logo apaixonados.



Nos dias e semanas seguintes encontraram-se sempre no mesmo local, à sombra da velha árvore e o amor foi crescendo de tal forma que trocaram juras de amor eterno.



Porém, a notícia dos encontros entre a princesa e o pastor chegou ao conhecimento do rei, que desejava ver a filha casada com um dos príncipes dos reinos vizinhos e logo a proibiu de voltar a ver o pastor.



A princesa, sabendo que a palavra do rei não volta atrás, acatou a decisão, mas pediu que lhe permitisse mais um encontro com o pastor do vale. O rei acedeu ao pedido.



Encontraram-se pela última vez sob a sombra da velha árvore e falaram longamente do seu amor e da sua separação. Enquanto falavam, choravam e tanto choraram que as lágrimas dos olhos azuis da princesa foram caindo no chão e formaram uma lagoa azul. As lágrimas caídas dos olhos do pastor eram tantas e tão sentidas que formaram uma mansa lagoa de águas verdes, tão verdes como os seus olhos.



Separaram-se, mas as duas lagoas formadas por lágrimas, ficaram para sempre unidas e são chamadas de Lagoas das Sete Cidades. Uma é a Lagoa Azul, a outra é a Lagoa Verde e em dias de sol as suas cores são mais intensas e reflectem o olhar brilhante da princesa e do pastor enamorados.

 

Vila do Nordeste - São Miguel, Açores

Apresento-vos um dos sítios mais lindos da ilha de São Miguel, nos Açores.


Esta foto foi tirada a caminho do Nordeste, um dos concelhos mais floridos e mais limpos da ilha. Esquecido pelos turistas e pelos próprios habitantes da ilha, devido às curvas e contra-curvas para lá chegar, o concelho do Nordeste é, muitas vezes, conhecido como a ilha décima.


Para quem está a pensar ir aos Açores e, em particular, a São Miguel, não deixe de passar pelo Nordeste e, se tiverem uns dias a mais, passem uma noite no Miradouro da Ponta da Madrugada, para verem um lindo nascer do sol.





 


Portugal é um país com sítios lindos, a maior parte deles por conhecer e as ilhas não ficam atrás em nada.


Beleza natural não falta, só é pena que para fazer turismo cá dentro é necessário os bolsos estarem cheios.