Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

Página 4 de 365. Como está a ser o ano até ao momento?

Numa palavra?

Treta! E é para não usar outra mais forte que seria capaz de ferir a susceptibilidade do caríssimo leitor.

 

Quando pensávamos que o miúdo estáva a melhorar, depois de um dia com mais apetite e brincadeiras, tau ... aparecem picos de febre para fazerem companhia à tosse e à ranhoca.

Um martírio, pessoas! Uma canseira tremenda e um sentimento de impotência por não poder nada de mais intenso para o ajudar. De acordo com a pediatra, não há necessidade de correr para o hospital, aquele antro de mau caminho e um verdadeiro poço de doenças. Há que esperar, ir verificando a temperatura com mais frequência, ver como evolui a tosse e ter muita atenção à possibilidade de dificuldade respiratória que, se acontecer, é coisa de se ir para o hospital prontamente.

 

Nós a pensarmos que a coisa estava a ir para um bom caminho e que, se tudo corresse como previsto, ele voltaria à escolinha para a próxima semana e, te do em consideração que o meu atestado para assistência à família termina dentro de dois dias, ele tinha mesmo que ir para a escola. Agora, dadas as circunstâncias, já não sabemos como fazer ... Esperar, observar e só depois se vê se vai ou não. Se tiver que ficar por casa, será a vez do papá ficar com ele porque a mamã não se pode dar ao luxo de pedir mais um atestado.

 

Ah! A trabalheira que os filhos dão, mas não trocava por nada deste mundo.

Põe-te bom, filhote!