Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

Mamas. A mamãs sem acento

Faço parte de um grupo no Facebook que, na altura em que aderi, fi-lo na esperança que ser um sítio onde encontraria mulheres que, como eu, tinham sido mães em 2016.
Estou a ponto de bloquear o grupo tal não é a asneirada que por ali se vê.

Primeiro elas tratam-se umas às outras como “mama”, sim sem acento e, sempre que vejo alguma publicação, o meu cérebro nunca consegue ler o “mamã” que elas gostariam de escrever; e, segundo, tendo em consideração as perguntas que fazem, julgo que não devem ser seguidas por pediatras e/ou médicos de clínica geral e isto mete-me medo.

 

Pessoas, aquilo é o apocalipse!

Chegam ao ponto de mostrarem ecografias para que as outras “mamas” analisem a coisa e digam se a “mama” está grávida de gémeos falsos ou verdadeiros! E as perguntas referentes à introdução de alimentos na dieta dos petizes? Devem ter faltado às consultas com os médicos.

Pergunto a mim mesma o que seria da vida destas pessoas sem as redes sociais onde podem escrever todas as postas de pescada que lhes passa pela cabeça.

 

Estas “mamas” devem ser as mesmas que vão aos fóruns online onde fazem questões se estarão grávidas ou não e que chamam a menstruação de “red”.

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.