Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

American Horror Story * Trump, o 45.º Presidente dos EUA

Ainda meio ensonada, entrei no café ao lado do escritório para tomar a segunda dose de cafeína que necessito para me sentir capaz de estar sentada numa secretária durante um dia de labuta. Disse bom dia aos empregados e encostei-me ao balcão. Como sempre, dirigi o meu olhar para o fundo da sala, que está sempre sintonizada na SIC Notícias, para ver se já se sabia alguma coisa acerca das eleições dos Estados Unidos da América. A manhã estava a ser atribulada. Tive um acordar assustado e ligeiramente fora da hora limite necessária para sair calmamente de casa e não tinha tido tempo de ler as gordas enquanto tomava um pequeno-almoço manhoso. No rodapé do canal aparecia a frase "Trump é o 45.º Presidente dos Estados Unidos da América". Eu que não sou rapariga que me expressar sonoramente em locais públicos quando vejo notícias surpreendentes, não consegui conter a minha reacção a essa vitória e expressei um "Não acredito!" verdadeiramente sincero. Nunca pensei que esse dia ia acordar desta forma. Nunca pensei que aquele palhaço seria o presidente dos Estados Unidos da América para os próximos 4 anos. Contra todas as sondagens, apesar de Trump ter estado sempre colado aos calcanhares de Hillary, o candidato republicano chegou primeiro ao número mágico de 270 e foi, então, eleito o 45.º Presidente dos EUA. 

 

trump4-the new yorker cartoons.jpg

 

 

(imagem retirada da página de facebook The New Yorker Cartoons)

 

 

Não entendo! A sério que não entendo como é possível que, num país onde as ditas minorias já não assim tão minorias, como se quer fazer pensar que sejam, tenham eleito um um homem que fez a sua campanha com base em discursos de ódio e de racismo. Bem! Talvez saiba a razão dessa vitória! Hillary Clinton também não era nenhuma flor que se cheirasse, mas daí a dar o poder a um louco vai um passo muito grande.

 

Está feito e não há como voltar atrás nos resultados. É a democracia e há que aceitar. A América votou, o mundo pagará e nós estaremos cá para assistir o que um louco fará quando se sentar na cadeira do poder. Meanwhile, partilho algumas das imagens que andam a circular pelas redes sociais e que expressam, de forma brilhante, a palhaçada que se está a passar lá na "land of the free home of the brave" (Yeah! Right!).

 

trump..jpg

 

Nem eu, senhora Liberdade. Nem eu!

 

trump2.jpg

 

Igual a mim, amigo Félix! Estou chocada!

 

trump5-the new yorker.jpg

 

 

Assustador, no mínimo!

 

trump6-bitch please.jpg

 

"Bitch, please!" e o seu humor.

 

trump7-the simpsons.jpg

 

 

Premonições e o nosso destino.

 

trump8 - publico.png

 

O mundo transformado numa bomba-relógio.

 

 

 

So help us God!