Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

The Nameless Blog

Já foi “Som das Letras” e um narcisista “Blogue da Paula”. Foi um prolongamento da eterna ínsula, tendo sido denominado como “Ilha Paula”. Hoje, é um blogue sem nome para que seja aquilo que sempre foi: um blogue sobre tudo e nada.

A surpresa do dia: o Nobel da Literatura

A academia trocou as voltas às livrarias desse meu mundo que já tinham em stock os títulos dos nomeados à categoria, apenas à espera de saberem o nome do vencedor, limparem o pó às capas e embelezar as montras à espera que os leitores entrassem portas dentro para comprar em os livros do vencedor, já que fica sempre bem dizer que se leu um Nobel da Literatura.

 

Pela primeira vez, o Prémio Nobel da Literatura foi atribuído a um músico. Surprise! Surprise!

 

Gostos à parte, confesso que por essa não esperava, mas pensando bem, não é assim tão surpreendente, tendo em consideração que os prémios Nobel são, maioritariamente, políticos.

 

Se partirmos dessa premissa, não estou surpreendida que o músico norte-americano, com letras activistas, seja o vencedor no ano em que as eleições dos Estados Unidos da América estão ao rubro (já agora que falo no assunto ... aquilo já terminava, não? Já ninguém aguentava campanhas, debates, bate-bocas, machismos e um lavar de roupa suja constante). Mas, sendo eu uma old fashion person, não gosto de misturar alhos com bugalhos e não poderia deixar de ficar surpreendida com um músico, compositor ... poeta, vá, ser o vencedor deste ano.

 

Os tempos estão a mudar?

1 comentário

Comentar post